História do Clube

Fundado em 2014, a história do Gremio Osasco Audax Esporte Clube começa antes, em 1985, quando o Pão de Açúcar foi fundado na Zona Sul de São Paulo. O PAEC, que atuava somente nas categorias de base, firmou parceria com o Juventus em 2007 para a disputa da quarta divisão do Campeonato Paulista. 

O único título conquistado na Era PAEC aconteceu em 2008, contra o Batatais, com o consequente acesso à elite do futebol paulista. Logo no ano seguinte, o PAEC ficou entre os quatro melhores colocados e ascendeu à Série A2, onde permaneceu até 2013, quando conquistou o acesso à Série A1 do futebol paulista, com direito à melhor campanha da primeira fase. Tal feito foi alcançado já como Audax, nome que ostentava desde 2011.

 Fazendo parte da nata do Paulistão no período que coincide com a mudança da sede do clube para Osasco, a partir de 2013, o Audax conseguiu chamar a atenção graças à filosofia de jogo que é praticada da base ao profissional, o que ganhou notoriedade na histórica campanha do vice-campeonato paulista de 2016, tendo eliminado Palmeiras e Corinthians até chegar a decisão com o Santos.

Jogadores como Paulinho (na Era PAEC), Tchê Tchê, Camacho, Bruno Paulo, Sidão, Ytalo, Felipe Alves, Francis e Rafael Longuine passaram com destaque pelas fileiras do Audax.

As categorias de base também chamam atenção pelo estilo vistoso de jogo e pelas conquistas, como o título do Campeonato Paulistão Sub-15 em 2015, além de outros troféus conquistados em território brasileiro e internacional. O mesmo acontece com o futebol feminino, campeão da Copa do Brasil em 2016 e responsável pela maior conquista da história do clube, a Libertadores Feminina de 2017. Grandes campanhas foram realizadas também em âmbito estadual e nacional, além de diversas jogadoras convocadas para a Seleção Brasileira, tanto de base como principal.

O mesmo brilho dos gramados pode ser visto em outras modalidades, como o futebol para amputados, vice-campeão paulista em 2018, o paravôlei e, a partir de 2018, também no vôlei e no basquete, esportes que contam com o apoio do Audax.

Diretoria

MARCOS ANDRÉ "VAMPETA"

Presidente

Marcos André Batista Santos, o Vampeta, é o presidente do Audax-SP. Natural de Nazaré, Bahia. O ex-jogador, além de colecionar títulos, é conhecido por ser um atleta bastante carismático e algumas polêmicas.

Vampeta começou a jogar no Vitória (BA) e logo foi negociado com o PSV da Holanda. Em 1998, o jogador chegou ao Corinthians, clube que ele é identificado até hoje, e ganhou dois Campeonatos Brasileiros, dois Campeonatos Paulistas, além de um Mundial de Clubes, uma Copa do Brasil e um Torneio Rio-São Paulo pelo clube alvinegro.

Pela Seleção Brasileira, o “Velho Vamp” foi pentacampeão mundial em 2002 e campeão da Copa América em 1999. Também ficou conhecido por dar cambalhotas no Palácio do Planalto após receber uma homenagem do então Presidente, Fernando Henrique Cardoso na época do pentacampeonato.

Conhecido por ser um exímio contador de histórias, Vampeta chegou ao Grêmio Osasco em 2010 na função de treinador, e ajudou a erguer uma potência no futebol do estado.

Desde 2013, o ex-jogador é o presidente do Audax-SP. Ele esteve a frente do clube naquela que é considerada sua melhor campanha até então: o vice-campeonato paulista de 2016.

Vice-presidente: Hélder Carvalho
Coordenador Geral: Anderson Remelli

Coordenador de Projetos: Adelsio Pinheiro Reis
Coordenador das categorias de base: Alcides Fonseca Júnior (Juninho Fonseca)

Nossa casa

Estádio Municipal Prefeito José Liberatti

Rochdale

O Estádio Municipal Prefeito José Liberatti, carinhosamente conhecido como Rochdale, é o local onde o Audax manda seus jogos em todas as categorias. Fundado em dezembro de 1996, durante um amistoso entre Palmeiras e Corinthians, o campo está situado no bairro do Rochdale, em Osasco, e tem capacidade para 12 mil pessoas. O Estádio possui 25 camarotes, tribuna de imprensa, estacionamento, amplos vestiários e conta com gramado de altíssima qualidade, além de refletores com luzes de LED. O Rochdale é casa do osasquense quando o assunto é futebol.

Por causa do fácil acesso a qualquer tipo de transporte, e situado nas proximidades da Rodovia Anhanguera e da Marginal Tietê, o Rochdale é utilizado com frequência por clubes da Capital e até mesmo de fora do Estado. Bastante aconchegante, o Estádio possui ótima visão de jogo em qualquer setor.  

Centro de Treinamento

O CT da Vila Yolanda é considerado uma das melhores estruturas do país quando se fala de futebol. Localizado no bairro da Vila Yolanda, em Osasco, o CT conta com dois gramados de alta qualidade, onde treinam as equipes profissionais do masculino e feminino do Audax, além das categorias de base. O local é conhecido como de celeiro de craques, pela quantidade de atletas que brilharam no futebol brasileiro, oriundos desses campos.

Além disso, o local também dispõe de academia, refeitório, sala de jogos, sala de descanso, estacionamento com 100 vagas,  área de lazer, piscina e uma fazenda ao lado do campo, que tem como objetivo ensinar aos visitantes a produção e a criação de gado e alimentos.