OSASCO AUDAX - Com dois gols de falta, Audax vence Lusa e segue líder na Copa Paulista

Com dois gols de falta, Audax vence Lusa e segue líder na Copa Paulista

No Rochdale, bola parada decide vitória sobre a Portuguesa

Na rede! Jogadores comemoram o primeiro gol contra a Lusa (Foto: Antonio Cícero/AC Press)

O Audax encerrou o primeiro turno da primeira fase da Copa Paulista como começou: vencendo em casa. Desta vez, o time de Max Sandro bateu a Portuguesa por 2 a 0 no estádio Prefeito José Liberatti, com gols de Brunno Lima e Jeffinho, ambos de falta. O jogo, realizado na tarde deste sábado (25), foi válido pela sétima rodada da competição.

Atrás na tabela, um ponto abaixo do Audax, a Lusa partiu para o ataque com Léo Gonçalves, novidade entre os titulares, que tirou tinta do poste esquerdo de Jéferson Romário logo aos três minutos. No entanto, o meia sentiu a coxa e teve que ser substituído. Este fato foi determinante para que o time do Canindé perdesse efetividade no ataque e, embora marcasse a saída de bola, não criou mais nenhuma chance de gol no primeiro tempo. Ao contrário do Audax, que se refez do susto e tratou de colocar a bola no chão.

Pablo, aos 14 minutos, bateu cruzado, para defesa de Leandro Santos. No minuto seguinte, Danrley Marreta dominou na estrada da área e foi derrubado. Na cobrança de falta, Matheus Vargas estava próximo da bola, mas foi Brunno Lima quem bateu, no canto baixo direito do goleiro, para abrir o placar. Depois do gol, os visitantes começaram a apostar nas bolas longas e jogadas aéreas, ao passo que o Audax buscava espaços para contra-golpear. E o segundo quase saiu antes do intervalo, em jogadas de Matheus Vargas e Jeffinho. No último lance, Vargas roubou a bola de Gabriel Santos e invadiu livre, mas, em vez de bater para o gol, resolveu passar para Klauber, que não conseguiu dominar e desperdiçou a chance clara.

Zagueiro calibrado! Brunno Lima abriu o marcador (Foto: Antonio Cícero/AC Press)

O segundo tempo começou truncado, como terminou a primeira etapa. A Lusa buscava sofrer faltas próximas à área para procurar Jean Pablo, Gabriel Santos, Raul e Matheus Rodrigues, jogadores altos, mas esbarrava na boa atuação do goleiro do Audax, que defendeu chute à queima roupa de Fernandinho e contou com a sorte quando a tabela entre Cesinha e Fernandinho resultou no chute deste na sua trave direita. A rigor, foram as únicas chances da equipe paulistana, que ainda viu Matheus Vargas cobrar falta com estilo, no travessão.

Neste momento, passados 15 minutos da etapa complementar, o Audax havia encaixado o jogo pelo meio e Matheus Vargas coordenava as principais ações ofensivas. Em uma delas, aos 33, Danrley sofreu nova falta, esta na lateral direita da área. Quando todos esperavam o cruzamento, Jeffinho bateu direto, encobrindo Leandro Santos e marcando um golaço, seu terceiro no certame, no ângulo direito do gol. O mesmo Jeffinho ainda acertou o travessão português após fazer jogada individual, já perto dos 40 minutos.

A vitória, a quarta em sete partidas, faz o Audax somar 13 pontos e manter-se na liderança do Grupo 4. A Lusa, com o revés, cai para o quarto posto e fecha o G-4 com nove pontos. Ambas as equipes voltam a campo no próximo sábado, na abertura do returno. O Audax visita Taboão da Serra e a Portuguesa joga também fora de casa, com o Nacional. Os jogos estão marcados para às 15 horas.       

FICHA TÉCNICA
AUDAX 2 x 0 PORTUGUESA
Copa Paulista, sexta rodada da primeira fase
Sábado, 25 de agosto de 2018, às 15 horas (de Brasília)
Estádio Prefeito José Liberatti (Osasco)
Arbitragem: Rodrigo Santos, auxiliado por Ricardo Pavanelli Lanutto e Mauro André de Freitas
Ocorrências: cartão amarelo para Pablo e Danrley (Audax); para Jean Pablo, Jonatas Paulista e Matheus Rodrigues (Portuguesa)
Gols: Brunno Lima, aos 15 minutos do primeiro tempo, e Jeffinho, aos 33 minutos do segundo tempo
Equipes:
Audax: Jéferson Romário; Anderson, Brunno Lima, Lucas Andrade e Igor Milioransa; Pablo, Klauber (Henrique) e Matheus Vargas; Fabio (Alemão), Danrley Marreta e Jeffinho. Técnico: Max Sandro.
Portuguesa: Leandro Santos; Lito, Gabriel Santos, Jean Pablo e Jardiel; Jonatas Paulista, Vinicius Barba, Léo Gonçalves (Oziel, depois Cesinha) e Fernandinho (Luiz Thiago); Raul e Matheus Rodrigues. Técnico: Alan Aal.

#OutrosDestaques

#SIGA-NOS - FACEBOOK

JoomShaper